quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Muito prazer, Amy - Amy Molloy (Leia trecho)


Sinopse

Amy vivia uma fase difícil quando decidiu viajar para a Austrália, longe de tudo e todos. Lá, a jovem inglesa se afasta dos problemas e acaba conhecendo seu grande amor, o irlandês Eoghan, um surfista bonito, carismático e cheio de energia. Apaixonados, logo vão morar juntos, mas uma tragédia se abate sobre eles quando Eoghan recebe um diagnóstico de câncer terminal. Um mês antes de ele morrer, os dois se casam.

O pouco tempo que vivem juntos é suficiente para que ela saiba o quanto ama Eoghan. Após perder o marido, Amy se vê sozinha e desamparada e, diante de meses árduos de um sofrimento que parecia incurável, a jornalista londrina decide que era hora de voltar a viver e a fazer o que todas as jovens livres e desimpedidas da sua idade fazem.

Ao se aproximar de um novo grupo de amigas solteiras e cheias de vida, ela passa a viver uma aventura por noite, regada a álcool e sedução. Bebe, dança, flerta e se diverte, se entregando ao sexo com homens desconhecidos, muitas vezes sem se importar em descobrir seus nomes ou se são comprometidos. Uma sucessão de loucuras, bebedeiras e transas de uma noite com desconhecidos carinhosos ou agressivos, permeadas pelas lembranças de um passado romântico cada vez mais distante. 

Tudo o que Amy quer agora é um homem másculo, de espírito livre e poucas palavras, que aceite passar uma noite em sua cama e que vá embora cedo e sem se despedir no dia seguinte, para facilitar as coisas. Ela não esconde que adora sexo, nem se incomoda se os homens passam apenas uma noite com ela e não ligam nunca mais. Ela até prefere assim: sem nome e sem número de telefone. Apenas mais um para sua lista, mais um para preencher o vazio em sua vida que um dia já foi ocupado.

Em meio às relações puramente sexuais de todos os tipos – selvagem, delicada, agressiva, carinhosa –, Amy se depara com relacionamentos um pouco mais complicados que acabam fugindo à sua regra de apenas uma noite e deixando-a completamente confusa, mas esperançosa de poder voltar a sentir algo parecido com amor, agora por outra pessoa que não seja o seu amado perdido.


Editora: Fontanar
Páginas: 232

0 Opiniões sobre o Livro:

Postar um comentário

O Que Você Achou deste Livro?

Se Já Leu ajude outros leitores que estão em dúvida deixando sua opinião.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...