terça-feira, 9 de agosto de 2011

O Senhor das Moscas - William Golding


Sinopse

Um avião lotado de crianças e adolescentes cai numa ilha deserta. Os jovens sobrevivem e, aos poucos, vão se reunindo num grande grupo. Em assembléia, os meninos designam um líder. Longe dos códigos que regulam a sociedade dos adultos, esses jovens terão de inventar uma nova civilização, alicerçada exclusivamente nos recursos naturais da ilha e em suas próprias fantasias.

Até aí este romance do inglês William Golding poderia ser lido como simples aventura infanto-juvenil, cheia de caçadas, banhos de mar e, ao final, a descoberta de um tesouro escondido por piratas. Mas não é o que ocorre. Apesar dos esforços iniciais de organizar uma sociedade autosuficiente e equilibrada, o bando vai progressivamente cedendo à vida dos instintos, regredindo às pulsões de violência e de morte. A disputa pelo poder é um dos estopins da desordem. E o paraíso do "bom selvagem" acaba em carnificina.

Invertendo o clássico Robinson Crusoé, de Daniel Defoe, em que um único indivíduo conseguia impor a civilização ao estado de natureza, Golding expressa neste romance sua descrença na bondade inata dos homens e em sua capacidade de criar um mundo melhor.

Lançado em 1954, menos de uma década após os campos de concentração nazistas e a bomba de Hiroshima, o livro carrega esse destino já no título: "Senhor das Moscas" é a tradução literal da palavra hebraica Ba'alzebul - em português, "Belzebu".

Resumo:


O senhor das moscasDurante uma guerra nuclear, um grupo de meninos chega a uma ilha no meio do Oceano Pacífico, depois que o avião em que viajavam cai. A princípio parecem gostar da idéia de não haver adultos por perto para lhes dar ordens. O grupo era composto por Ralph, um garoto robusto e louro, seu amigo Piggy, gordo, asmático e quase cego sem seus óculos, os gêmeos Sam, Eric e Simon, e outros garotos de quem não sabiam os nomes. Ralph sai com Piggy para explorar a ilha, sem acreditar ainda que esta fosse completamente desabitada. Ralph acha uma grande concha, e Piggy pede que a assopre. Ao som da concha os outros meninos são atraídos para o lugar. Os garotos elegem Ralph como seu líder embora fosse óbvio que Jack Merridew quisesse a chefia. Jack organiza um grupo para procurar comida visto já estarem convencidos que teriam de virarem-se sozinhos. A primeira caçada é frustrante quando a caça de um porquinho não resulta em nada. Jack conclama os outros meninos para saírem em um grupo maior de caçadores, mas um pequeno acha que tem monstros na floresta. O medo do monstro, do desconhecido e do escuro ainda está muito presente entre os meninos. Jack acha que devem fazer uma fogueira para sinalizar sua presença se algum navio passar ao largo da ilha. Eles acendem uma fogueira, mas logo se cansam de manter o fogo aceso. Jack fica obsessivo com a idéia de caçar e matar. O grupo de caçadores pinta seus rostos como máscaras, e protegidos por ela fazem sua primeira vítima. No acampamento faz a encenação da caça com um dos caçadores fazendo o papel do porco. Novamente se fala no monstro da ilha, e um dos meninos acha que o monstro poderia ser o próprio grupo. Os caçadores riem dele, e saem para tentar caçar outro porco. Com outra presa caçada Jack espeta a cabeça do porco em uma estaca, como uma oferenda a um deus primitivo. No acampamento Jack promove um festim para comer o porco. Quase todos abandonam Ralph exceto Piggy e os gêmeos para irem ao festim. No horizonte uma tempestade se avizinha. Simon, apesar do medo, embrenha-se na mata e em transe fala com a cabeça de porco, a quem chama Senhor das Moscas. A tempestade já está sobre a ilha. Simon volta para o acampamento e no caminho se depara com o cadáver de um pára-quedista caído nas pedras. Nauseado livra o corpo das cordas que o embaraçam. Talvez seja este o monstro da ilha. No acampamento os caçadores tratam Jack como um deus, e obedecem a suas ordens. Ralph ainda tem a concha e disputa a chefia com Jack. Sem discutir, Jack convida Ralph para participar da dança, e Piggy e ele se juntam ao grupo. Na noite seguinte Jack e os caçadores atacam Piggy e Ralph. Eles roubam os óculos de Piggy. Uma grande pedra se desloca dos rochedos e atinge Piggy. A concha é destruída e Piggy cai dos penhascos. Ralph foge e os caçadores fecham o cerco. Fogo é ateado no mato para encurralá-lo. O fogo se alastra pela ilha. Ralph consegue chegar a uma praia e encontra um estranho de uniforme. Embora esteja salvo, lamenta a perda de sua inocência e a crença na raça humana.

Créditos: Livros Grátis e Shvoong

0 Opiniões sobre o Livro:

Postar um comentário

O Que Você Achou deste Livro?

Se Já Leu ajude outros leitores que estão em dúvida deixando sua opinião.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...