sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Guerra e Paz - Liev Tolstói (Leia Online)


Sinopse

Com centenas de personagens e mais de mil páginas na versão original, Guerra e paz é considerado um dos maiores romances da história. O enredo deste clássico da literatura russa se passa durante a campanha de Napoleão na Áustria, e descreve a invasão da Rússia pelo exército francês e a sua retirada, compreendendo o período de 1805 a 1820.
Trata-se de um painel profundo e verdadeiro da aristocracia russa, pois foi escrito por alguém de dentro dela. As duas principais famílias retratadas - Rostov e Bolkonski - representam as famílias Tolstói e Volkonski, respectivamente do pai e da mãe do autor, Liev Tolstói. Guerra e paz retrata ainda o preconceito e a hipocrisia da nobreza, e também suas tradições religiosas, ao lado da vida cotidiana dos soldados e dos servos.
Ambientado na Rússia do início do século XIX, o romance lida com temas essenciais à vida contemporânea: a guerra e a paz. Tolstói narra as guerras entre o imperador francês Napoleão e as principais monarquias da Europa, dissecando causas, origens e conseqüências dos conflitos e, principalmente, expondo os homens e suas fraquezas.

Resumo


Em 1862 o conde de Tolstoi está perto de fazer trinta e quatro anos. Dentro da carreira das letras já não é propriamente um recém chegado. É de facto um escritor conhecido cujas obras já tinham chegado ao grande público. Contudo Tolstoi não é um escritor como qualquer outro, não frequenta os círculos literários e mundanos da capital. Recusa colaborar com as revistas da altura, embora os seus directores o procurem com insistência. Pode-se mesmo dizer que rompeu com os seus colegas de escrita e afastou-se das grandes ideias do seu tempo que tinham como base o cientismo ou o positivismo. No fundo, para ele escrever já não é um ganha pão, por que ele não precisa de sobreviver através da escrita. 
Tolstoi tem outras preocupações, como por exemplo, a actividade pedagógica, que o apaixona e o faz abrir uma escola em 1859 ás crianças filhas de camponeses da sua propriedade de Iasnaia Poliana, para lhes ensinar ortografia, aritmética e o catecismo. 
Tolstoi não é um homem, como pode á primeira vista parecer, indiferente ao seu tempo. Não é apenas um morgado de província apaixonado pela literatura, é sim um homem sincero e escrupuloso, cuja natureza excessiva o leva ao fundo das coisas sem temer as consequências. É um pensador, cujo objecto de meditação não é outro que o próprio homem, na sua integridade e na sua perenidade. É esta preocupação que garante o carácter profundo e verídico das suas obras. Procurando ver sempre para além do facto anedótico ou da actualidade do seu tempo, ele quer encontrar no homem aquilo que o torna homem e assim criar uma nova filosofia. 
É neste ambiente que ele começa a escrever a sua obra prima, A Guerra E Paz, um vasto fresco histórico onde o amor a guerra e a intriga se encontram numa harmonia perfeita, e que tornará este romance numa das obras mais lidas de todos os tempos.

0 Opiniões sobre o Livro:

Postar um comentário

O Que Você Achou deste Livro?

Se Já Leu ajude outros leitores que estão em dúvida deixando sua opinião.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...