sexta-feira, 15 de julho de 2011

O Compadre de Ogum - Jorge Amado


Sinopse

Filho da alagoana Benedita e do negro Massu, Felício chama a atenção por sua beleza. Os olhos azuis do menino são motivo de dúvida sobre a sua paternidade: acredita-se que ele seja filho de um marinheiro loiro, o Gringo, ou do caixeiro Otoniel. Massu, porém, está certo de que é o pai da criança. Afinal, ele e Benedita “rebolaram-se” inúmeras vezes no areal.
Certo dia, Benedita some no mundo, fugindo do ciúme do marido, para reaparecer tempos depois, muito doente. Ela bate à porta de Massu e lhe entrega o bebê. Some mais uma vez, e logo sua morte é dada como certa. 
Massu assume a tarefa de batizar o filho, que está para fazer um ano. Tibéria será madrinha, mas são muitos os candidatos a padrinho. Porém, Ogum anuncia que ele próprio vai ser o padrinho de Felício. Será a divindade admitida na igreja do Rosário dos Negros, no Pelourinho?
Chega-se afinal a uma solução, mas o dia do batizado ainda reserva grande surpresa, e não apenas a todos os convidados, mas à gente da Cidade Baixa e até mesmo ao orixá guerreiro.
Narrativa breve, espirituosa e de grande intensidade, O compadre de Ogumcapta a curiosidade do leitor até o desenlace, desconcertante. O sincretismo religioso que justapõe o candomblé e o catolicismo é o traço cultural que permite, com humor e compreensão, aceitar diferenças e resolver conflitos.

Créditos: Cia das Letras

0 Opiniões sobre o Livro:

Postar um comentário

O Que Você Achou deste Livro?

Se Já Leu ajude outros leitores que estão em dúvida deixando sua opinião.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...